Páginas

Sinopse:
Jace Montgomery é um homem só. Passaram-se três anos, mas ele não conseguiu ainda ultrapassar o misterioso suicídio da sua noiva Stacy. Não voltou a interessar-se por outra mulher desde então e a família continua a culpá-lo pela sua morte. Ao folhear um dos antigos romances de Stacy, Jace descobre uma fotografia de uma casa com uma mensagem codificada. «Nossa, mais uma vez. Juntos para sempre. Até lá». O bilhete datava do dia anterior à morte dela. Obcecado pela necessidade de entender o suicídio de Stacy, Jace procura a propriedade – Priory House, uma enorme fortaleza de tijolo em Margate, Inglaterra – e compra-a.

Jace parte para Inglaterra determinado em descobrir finalmente a verdade. Não demora a perceber que a casa está assombrada por um obstinado fantasma, Ann Stuart, com quem se vê obrigado a lidar para resolver o mistério. Ann morreu em circunstâncias idênticas às da sua falecida noiva e ele tem um palpite de que existe uma relação entre ambas. Através das suas investigações e com a ajuda de uma bela jornalista, Jace vê-se forçado a estabelecer a conciliação entre a vida e a morte da noiva.
Alguém para amar é uma bela descoberta sobre o tempo e o amor da autoria de uma das romancistas mais acarinhadas pelos leitores de todo o mundo.




A minha opinião:
Peguei neste livro quase como se de uma necessidade se tratasse.
Precisava urgentemente de um livro ligeiro, romântico e sentimentalista que contrariasse a seriedade e o ritmo dos meus últimos dias. E foi quase isso que encontrei...


O livro começa com a apresentação de Jace Montgomery e do seu drama.
A poucos dias do casamento, a sua linda noiva americana Stacy viaja até à Inglaterra para se encontrar com alguém num casarão vazio e supostamente assombrado e aparece morta. Quase toda a gente supõe que Stacy se suicidou para fugir de um casamento e a sua madrasta e meia-irmã viajam rapidamente para o vilarejo onde tudo aconteceu com uns papéis a confirmar que Stacy já sofria de problemas psicológicos há anos.


Mas...
Porque é que ninguém sabia dos problemas médicos de Stacy?
Porque é que Stacy a típica beldade americana que toda a gente supunha que nunca tinha viajado para Inglaterra (à excepção de uma viagem turística rápida a Londres há muitos anos atrás) e muito menos para o vilarejo de Margate, decide encontrar-se com uma pessoa a poucos dias do casamento e tudo em segredo? Com quem se encontrou?

As respostas a estas perguntas e muitas outras (leiam o livro) é o que pretende Jace. Isso e voltar a ter a sua consciência e paz de espírito de volta, o que não acontece desde que toda a família de Stacy o acusou de ser o causador do suicídio da noiva.

Após 3 longos anos de pesados sentimentos e muitos momentos de tristeza e depois de ter encontrado um misterioso bilhete escondido num livro, Jace viaja até Inglaterra em busca da verdade.
Num impulso compra a famosa mansão Priory House e vê-se inundado com a esperança de convencer o fantasma que habita esta mansão a ajudá-lo a descobrir o que se passou com Stacy há 3 anos atrás naquela mesma casa.
O que Jace descobre é que não pode confiar em ninguém e que todos os seus passos estão a ser vigiados e quase cronometrados. A juntar a isto surge uma estranha mas intensa mulher que vai colocar todos os pensamentos de Jace num redemoinho.


Este livro foi-se tornando aos poucos numa leitura rápida e até um pouco viciante, mais para o final. Gostei de tudo no livro incluindo os elementos do fantástico, mas admito que achei o desenlace um pouquinho arrepiante.
Quem ler este livro ou quem já o leu, com certeza que entende o que estou a falar.


Uma bela leitura para dar as boas-vindas aos primeiros dias de sol que começam a aparecer.



7,5/10
Lido a 14 de Março de 2010

7 comentários

B. disse...

Eu também já li este livro, e concordo totalmente contigo Sandra!

Gostei muito da história e de tudo, mas o final foi no minimo estranho.lol

bjinhs

Náh disse...

Olá!
Uhm... Miar à chuva, eu estava procurando pela resenha da sua brincadeira literária e não achei... Você já fez? Se já, passa lá no blog e deixa o link da postagem... Se não, vou prorrogar o prazo em uma semana, pois percebi que muitas meninas esqueceram ou não tiveram tempo de postar...
Bjus,
NÁH

Débora Lauton disse...

Ai que inveja... esse livro não tem aqui no Brasil...
Eu gosto muito dessa escritora e fiquei curiosa...

beijos,
Dé...

Miar à chuva disse...

Olá B.
Realmente aquele final... não deixa ninguém indiferente! ;)
Obrigada pela visita e pelo comentário.


Xii Náh!!
Esqueci-me completamente!
Sorry.

Olá Débora,
Penso que este foi o 1º livro desta autora que li, mas a harlequin costumava editar bastantes livros dela. Pode ver se tem este livro por aí, editado pela harlequin.

Obrigada a todas pela visita e pelos comentários.
Bjinhos
Sandra

Náh disse...

Olá, Sandra!
Sem problema... rs
Estou com oito esquecidas por aí! kkkkkkkkkkk
Mas não tem problema... Acontece! O importante mesmo é participar!
Só uma coisa... No dia em que postar passa lá no blog e deixa o link da resenha, tá? Para que eu possa divulgar...
Bjus,
NÁH

Ana C. Nunes disse...

Não tinha ouvido falar do livro, mas agora estou curiosa. A história parece interessante e de vez em quando é bom ler algo diferente.

Laelany disse...

Ainda não li o livro, mas já li opiniões muito boas. Vou adicionar à lista de compras ;)

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger