Páginas



Penso que foi numa promoção pouco antes do Natal de 2013 que a FNAC teve esta edição de colecionador já com o livro e o filme em DVD incluído, por cerca 15€.

Como nessa altura havia um grande burburinho pelas bloggers internacionais que eu sigo, sobre este livro, eu resolvi comprar a edição portuguesa e experimentar. Ainda mais porque na altura tinha um vale de desconto pelo que tudo ficou-me por 5€.

 
 

Quando chegou cá a casa e comecei a esfolhear o livro, lembro-me que torci um pouco o nariz a pensar que se calhar não ia gostar assim tanto dele.
Tantas imagens e tão pouco texto?
Mas veio-se a ver que este livro conquistou-me pela sua originalidade.
 
Com quase tantas páginas dedicadas a desenhos do autor e/ou fotografias antigas quanto páginas com texto, este livro não se lê da forma a que eu estava habituada.
Acho mesmo que este livro é um híbrido entre um livro "normal" e um filme.
 
 
Embora já tenha este conjunto maravilhoso em casa há alguns meses, só no início deste mês é que peguei no livro para o ler.
 
Apesar do livro ser enorme li-o numa tarde. E não é que seja uma leitora rápida. Nem pensar!
 
Com a história dividida em 2 partes, vamos acompanhando o valente e teimoso Hugo Cabret na sua luta pela sobrevivência após um trágico acontecimento. Além disso Hugo está convencido que o robot que tem a forma de um humano - um autómato (ver vídeo a seguir) - e ao qual faltam peças, tem uma mensagem secreta para si que o salvará e dará um objetivo à sua vida.

 

Na segunda parte Hugo tenta lidar com o que descobriu e como recompensar as pessoas que afetou na sua busca pelo passado.
 
 

Por saber que muitos dos elementos que o autor incluiu nesta história como o autómato, o realizador de filmes Georges Méliès, um acidente de comboio na estação de comboios de Paris são todos reais e não inventados, cativou-me ainda mais.
 
A história em si é bastante simples e acessível a leitores mais novos.
A caracterização das personagens e dos locais está extraordinariamente bem conseguida e para isso contribuiu imenso o facto de parte da história chegar ao leitor não pela escrita, mas sim por imagens.
 
Não posso deixar de recomendar este livro a TODA a gente que goste de ler e que goste de cinema.
 
As Edições Gailivro estão de parabéns pelo cuidado que tiveram nesta publicação e por respeitarem a integridade desta obra de arte.
 
Dei 4 estrelas em 5.
 
 
Quanto à minha edição esta veio numa caixa de colecionador lindíssima, com 5 postais, o livro e um marcador de livro com efeitos holográficos




Embora o livro venha com a capa do filme, vem também com a capa original que eu adoro!!!


3 comentários

Páginas Encadernadas disse...

Amo este livro de paixão. Quero o Wonderstruck mas custa os olhos da cara *sigh*

Miar à chuva disse...

Quando acabei de ler este procurei no Goodreads quais eram os outros livros interessantes deste autor e fiquei interessada no Wonderstruck.

Mas o preço - Credo!

Acho que o vou ler em e-book.
Se o conseguir arranjar digo-te qualquer coisa ;)

Páginas Encadernadas disse...

Mas o bom do Wonderstruck é ler em papel mesmo. A lombada combina com a do A Invenção de Hugo e o livro é do mesmo género- ie, altera entre imagens e texto :P

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger