Páginas

Sinopse:
Noiva do encantador e sedutor Greg Anders, Sara Shaw mal consegue esperar pelo dia do seu casamento em Edilean, na Virgínia. A data foi marcada, as flores encomendadas e o seu vestido, já usado por várias gerações de noivas da família, está pronto. Mas apenas três semanas antes do dia do casamento, Greg recebe um telefonema durante a noite e sai sem dar qualquer explicação. Dois dias mais tarde, um homem aparece através de um alçapão no soalho da casa de Sara, afirmando que é o irmão da sua melhor amiga e informando-a que se vai mudar para casa dela.

Embora Mike Newland esteja realmente a dizer a verdade sobre a sua identidade, a razão que o levou ali tem muito mais que se lhe diga. É um detective que trabalha infiltrado; a sua missão é usar Sara para descobrir o paradeiro de uma mulher — uma das criminosas mais notórias dos Estados Unidos — que, por acaso, é a mãe do homem com quem Sara tenciona casar.

Mike acredita que a investigação não será difícil — isto é, caso consiga arranjar maneira de fazer com que uma jovem de «boas famílias» como Sara confie em si. No entanto, Mike não faz a mais pequena ideia do que aquela missão lhe reserva. Esforçou-se ao máximo para esconder as suas ligações a Edilean, as quais remontam ao tempo em que a sua avó vivera naquela localidade, em 1941.

Mas à medida que Mike e Sara se vão conhecendo, ele não consegue evitar partilhar segredos que nunca tinha partilhado com ninguém. Ela retribui confidenciando a Mike aspectos da sua vida que jamais teria revelado a Greg.

Enquanto trabalham juntos para resolverem os dois mistérios, o amor crescente que desabrocha
entre os dois começa a sarar cicatrizes de uma forma que nunca teriam imaginado ser possível.

A minha opinião:
Apesar de não ter lido o livro "Jardim de Alfazema" resolvi dar uma oportunidade a este, em grande parte devido à sinopse que me despertou de imediato a curiosidade.

Talvez por este livro ter sido lido de rajada (em 2 tardes) e pelos pormenores estarem tão frescos enquanto desfolhava o livro, achei-o uma absoluta delícia. Mesmo muito bom dentro deste género de romances.

A escrita desta autora pode-se traduzir como sendo equilibrada. Muitos autores querm conjugar romance com suspense e mistério tudo com um ar de policial mal embrulhado e muitas vezes o que daí resulta é uma tremenda confusão que não atrai o leitor. Mas devo dizer que o equilíbrio de todos estes elementos foi excelentemente bem conseguido ao que se ainda acrescenta uma boa dose de humor.

Gostei bastante e confesso não estar nada à espera...
Tenho já o volume anterior para ver o que dali sai, uma vez que da primeira vez que li a sinopse de "Jardim de Alfazema" não me cativou particularmente.

7,5/10

2 comentários

Jojo disse...

Eu gostei muito do anterior, Jardim de Alfazema. Este ainda não li mas, o seu aroma a canela já me atraiu.

Bjinhos*

Miar à chuva disse...

Este vale a pena, mas o "Jardim de Alfazema" pareceu-me mais um romance com a fórmula por demais já vista e revista.
Depois digo qq coisa ;)
Obrigada pela visita e pelo comentário
Bjinhos
Sandra

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger